É possível engravidar virgem?

mulher grávidaSim, é possível uma virgem engravidar, porém, é um fenômeno muito raro.

Para ficar grávida, o ideal é que o pênis esteja dentro da vagina para “depositar” os espermatozóides no colo uterino. Das centenas de milhares de espermatozóides que ficam no colo do útero, alguns adquirem capacidade de fecundação dias após aderirem, durante algumas horas, às células da mucosa tubária, podendo assim, ir até a Trompa de Falópio – responsável pela comunicação entre o ovário e a cavidade uterina – e penetrá-lo para fertilizar o óvulo.

Uma vez tendo o pênis dentro da vagina, conceitualmente deixa-se de ser virgem, mesmo nos casos das meninas que tem o hímen (e não hímem) – pele muito fina que fica na entrada da vagina e serve para proteger dos riscos de infecções enquanto criança – complacente, ou seja, o hímen complacente não se rompe nas primeiras relações sexuais por ser mais “elástico” e voltar ao normal logo após a relação sexual.

Há casos em que o hímen só se rompe no parto, há casos em que é necessária uma pequena intervenção médica para que o futuro coito seja o menos problemático possível, e ainda há casos em que a menina nasce sem o hímen (e nem por isso deixa de ser virgem). Da mesma forma, ter o hímen rompido após algum acidente ou trauma, não faz com que a menina deixe de ser virgem, apenas uma relação sexual faz isso.

Pode engravidar virgem?

Se não houver penetração e os espermatozóides – que ficam vivos fora do corpo, dependendo das condições, por até duas horas – forem lançados próximos ou na entrada da vagina, eles podem – especialmente se o hímen estiver “relaxado” devido à excitação – deslocar-se para o interior dela e, estando em período fértil ou próximo dele, é possível sim engravidar, mesmo sendo virgem.

É importante tomar cuidado, também, com o líquido que sai do pênis antes da ejaculação – o líquido seminal ou sêmem – pois pode conter espermatozóides em quantidade e força o suficiente para chegar até o óvulo e provocar gravidez. Por esse motivo, o coito interrompido não é um método muito eficiente ou confiável de evitar a gravidez.

Use sempre camisinha, mesmo que a intenção não seja transar! E quando decidir transar, não esqueça de conversar antes com um ginecologista para que ele te oriente e diga qual é o método contraceptivo mais indicado para você. A camisinha ainda é o método mais eficaz contra DSTs (Doenças Sexualmente Transmissíveis).

Deixe o seu comentário